Mapas temáticos, regiões e cidades> Hidrovia Tietê-Paraná
 

A Hidrovia Tietê-Paraná é uma via de navegação situada entre as regiões sul, sudeste e centro-oeste do Brasil, que permite a navegação e conseqüentemente o transporte de cargas e de passageiros ao longo dos rios Paraná e Tietê.

Um sistema de eclusas viabiliza a passagem pelos desníveis das muitas represas existentes nos dois rios.

A hidrovia possui 12 terminais portuários, distribuídos em uma área de 76 milhões de hectares. A entrada em operação desta hidrovia impulsionou a implantação de 23 pólos industriais, 17 pólos turísticos e 12 pólos de distribuição.

 
 

A hidrovia está sendo preparada para ser navegada nos seguintes trechos:

  • No rio Piracicaba (afluente da margem direita do Tietê), desde a confluência com o rio Tietê até 22 km a montante;

  • No rio Tietê, desde a cidade paulista de Conchas até a confluência do Tietê com o Paraná, numa extensão de 554 km;

  • No rio Paranaíba, desde o sopé da barragem da Usina Hidrelétrica de São Simão até a confluência do rio Paranaíba com o rio Para-ná, numa extensão de 180 km;

  • No rio Grande, desde o sopé da barragem da Usina Hidrelétrica de Água Vermelha até a confluência do rio Grande com o rio Paraná, numa extensão de 59 km;

  • No rio Paraná, desde a confluência dos rios Grande e Paranaíba, que formam o rio Paraná, até a barragem da Usina Hidrelétrica de Itaipú, numa extensão de 800 km;

  • No canal Pereira Barreto, que liga o lago da barragens da Usina Hidrelétrica de Três Irmãos, no rio Tietê, ao rio São José dos Dourados, afluente da margem esquerda do rio Paraná, no Estado de São Paulo, numa extensão de 53 km, sendo 36 km no rio São José dos Dourados e 17 km no canal Pereira Barreto propriamente dito.

O melhoramento das condições de navegação, a manutenção da via ou mesmo a implantação da Hidrovia Paraná - Tietê, enfim todas ações que se referem à infra-estrutura da via navegável, a exceção das alusivas ao rio Tietê, são encargos da Administração das Hidrovias do Paraná - AHRANA, órgão da sociedade de economia mista federal vinculada ao Ministério dos Transportes, Companhia Docas do Estado de São Paulo - CODESP.

A AHRANA divide a hidrovia em trechos, o Trecho 1 da Hidrovia está situado entre a UHE da Itaipu e a entrada do Canal de Navegação, sob a Rodoviária de Guaíra, apresentando profundidades que variam entre 10m e 180m, com extensão de 170 km.

O Trecho 2, com extensão de 245 km, estende-se desde o Canal de Navegação sob a ponte rodoviária de Guaíra até a barragem da UHE de Porto Primavera.

O Trecho 3, com extensão de 270 km é totalmente situado no reservatório da UHE de Porto Primavera.

O Trecho 4, com extensão de, apresenta boas condições de navegação desde a faz do Rio São José dos Dourados até o Distrito Federal de São Simão (GO), com o percurso de 55km no Rio Paraná e 170 km no Rio Paranaíba.

Todos os mapas apresentados aqui, são de caráter informativo e estão sujeitos à confirmação.
É proibida a reprodução destas imagens, exceto com autorização fornecida pela Opy Editora Ltda.

Fontes consultadas: Ministério dos TransportesDNITAHRANA • 2008