Twitter da Prefeitura de São Bento do Sapucaí |

 
BEM-VINDO À SÃO BENTO DO SAPUCAÍ!
 
Celeste Filho   "São Bento do Sapucaí, é um cidade calma, para quem quer relaxar ao lado da natureza. Na Pousada Refúgio do Serrano, você goza de conforto e sofisticação para sua família. Estamos aguardando vocês!"

José Carlos
Gerente da Pousada Refúgio do Serrano
 

A hospitaleira cidade turística de São Bento do Sapucaí oferece grande diversidade de atividades em total contato com a natureza. Caminhada, escalada, cachoeira, trilha, mountain bike, off-road, rampa de voô livre, pesca, trekking, rapel, tirolesa, alpinismo, cavalgada e mais.

Em meio a esse clima de tranquilidade e aventura, a Pousada Refúgio do Serrano vem oferecer aconchegantes, acolhedores e funcionais chalés.

 

Localizada a 1,7km do centro da cidade, cercada por montanhas e mata nativa, a Pousada dispõe de café da manhã servido em um aconchegante salão, estacionamento em frente ao chalé com toda a segurança, venda de produtos naturais, mel, própolis e queijo, convenio com Restaurantes locais e serviço de apoio 24h. Venha conhecer e aproveitar este confortável e belo refúgio para toda família!

 
Quartos iluminados com vista para a natureza   Chalés simpáticos e reservados   Ambiente aquecido e relaxante
 
Venha se hospedar no Refúgio do Serrano. Abraços a todos, José Carlos
 
DESTAQUE
 
 
ORIGEM DO NOME DA CIDADE
   
São Bento do Sapucaí (portuguesa): Em dezembro de 1819, o fazendeiro Salvador Joaquim Pereira doou terreno para levantar uma capela, com o nome de Santo Bento, num trecho conhecido como Sapucaí Mirim. Daí, o nome da cidade. Virou freguesia em 1832, Vila em 1858 e cidade em 1876.
 

Esta cidade faz parte do Vale do Paraíba. Sua principal característica é a farta vegetação e topografia montanhosa.
Saiba mais...


São Bento do Sapucaí faz parte
do Circuito Mantiqueira
.

Conheça aqui os roteiros do Estado!

 

PEDRA DO BAÚ É MONUMENTO

Por Jarbas Favoretto*
 

O Governo do Estado, através de Decreto, cria o “Monumento Natural da Pedra do Baú” no município de São Bento do Sapucaí, e será cuidado pela Fundação Florestal.
O local é muito procurado por montanhistas que o consideram uma referência para escaladas. Ali existem mais de trinta rotas para a aquela modalidade, com diferentes níveis de dificuldades. O complexo do Baú ocupa mais de 3.000 hectares. A pedra está a 1.950 metros de altitude.

 
Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí - Foto Jarbas Favoretto
 
* Presidente da Amitur - Associação dos Municípios
de Interesse Cultural e Turístico
 
 
BEM-ESTAR E AVENTURA NA ESCALADA À PEDRA DO BAÚ
     

A Pedra do Baú é, com certeza, um dos principais atrativos de São Bento do Sapucaí, senão o principal deles. O conjunto rochoso foi transformado em parque ecoturístico, o complexo Pedra do Baú, que abriga as rochas do Bauzinho, Baú e Ana Chata.

Complexo Pedra do Baú, face bairro Paiol Grande

A atração fica a 28 km da cidade, dentro da Serra da Mantiqueira. A Pedra do Baú tem nada menos que 540 m de comprimento, 40 m de largura e 340 m de altura, a 1964 m de altitude. Na face norte, 620 degraus dão acesso ao chamado Topo do Baú.

Pedra do Baú
 

Os primeiros a escalarem a rocha foram os irmãos Antonio e João Cortez, nascidos em São Bento do Sapucaí, realizaram o feito em agosto de 1940.

A partir de então, o complexo vem sido explorado por praticantes de esportes de aventura e montanhismo. Escalada, caminhada e asa-delta são as formas disponíveis para se chegar ao topo da pedra.

Centro de São Bento do Sapucaí

Fazem parte também do conjunto, as rochas do Bauzinho e Ana Chata, com 1700 m de altitude, configuram num acesso mais fácil para a Pedra do Baú. As trilhas dentro do complexo possuem diferentes graus de dificuldade, pois assim até os mais medrosos podem ao menos vislumbrar a bela paisagem, o que causa tremendo bem-estar e sensação de liberdade.

O nome Pedra do Baú tem origem no tupi-guarani, da palavra Embahu, que significa “ponto de vigia”. 


Texto: Daniella Cornachione
Fotos: Divulgação

 
São Bento do Sapucaí é rica em artesanato feito com o cobre, a fibra de bananeira e a madeira. O destaque fica para o artesão Ditinho Joana, escultor autodidata, reconhecido internacionalmente.
 
CURIOSIDADES
 
• São Bento do Sapucaí foi palco da Revolução Constitucionalista de 1932, pois cidade fica na divisa de Minas Gerais e São Paulo, dois estados que estiveram em lados opostos no conflito;
• Na Serra da Mantiqueira, há mais de 500 espécies de aves e algumas delas só são encontradas nestaregião, como, por exemplo, o galinho do mato;
• Na década de 60 havia na cidade um cinema muito popular, onde a comunidade sambentista se reunia para assistir filmes, ente eles os de Mazzaropi;
• A imagem de São Bento, padroeiro da cidade, foi trazida do Vale do Paraiba por tropeiros, nos lombos dos jegues;
• Há 41 anos o município de São Bento do Sapucaí ganhou o titulo de Estância Climática;
• Santo Antonio do Pinhal e Campos do Jordão eram distritos de São Bento do Sapucaí e se emanciparam em 1959 e 1934, respecitvamente.

 
HISTÓRIA
 
 

O antigo povoado de São Bento do Sapucaí-Mirim surgiu da doação de terras, por parte do casal José Pereira Alves e Ignez Leite de Toledo, para construção de uma capela em louvor a São Bento.

O povoado que se formou ao redor da capela foi elevado a freguesia em 16

 

de agosto de 1832, em terras do município de Pindamonhangaba.

Em 16 de abril de 1858, tornou-se vila e, em 30 de março de 1876, recebeu foros de cidade, com a substituição de seu nome para São Bento do Sapucaí.

 
Fonte: Fundação SEADE - 2006
 
GASTRONOMIA
 
     
 
A culinária de São Bento do Sapucaí, originária dos tropeiros, é rica na diversidade de sabores  e assemelha-se à cozinha mineira, com seus pratos à base de milho, fubá, feijão e carne. Outras práticas culinárias foram trazidas pelos imigrantes, italianos, portugueses e espanhóis. Algumas delicias da região são a rosca doce, a broinha de fubá assada na palha de bananeira, a canjiquinha, a paçoca, o virado de banana e a quirera de milho. O prato que tornou-se um dos mais pedidos pelos turistas é a truta com farofa de banana.
     
HINO

 

Erguei ó gente da serra
Erguei contente o olhar
Um clarão que a vida encerra
Sobre nós ei-lo a brilhar

Uma estrela alviçareira
A infância aclara a conduz
Nos cimos da Mantiqueira
Resplandece nova luz

Honrando a terra Paulista
Um templo novo hoje ergueis!
Respeitoso é o Sambentista
Do progresso às grandes leis

Alçai o olhar a mocidade
Na frente haveis de seguir
Caminhai que a claridade
Mostra louros no porvir
 
 
BENS TOMBADOS
   
Esta cidade não possui, atualmente, bens tombados.
 
 
Galeria
 
Conheça a cidade
por suas imagens!
 
 
Publicidade
 
 
linha
 
Bandeira
 
 
Brasão
linha