ORIGEM DO NOME DA CIDADE
   
Palmeira D’Oeste (portuguesa): Numa região de muitos coqueiros, a família Vicente doou terras, em 1944, para construção da cidade. Seu nome se deve a vegetação e a palavra oeste foi colocada para diferenciá-la de outra com o mesmo nome. Emancipou-se de Jales, em 1958.
 
DESTAQUE
 

Aguardando matérias e pautas.

 
 
CURIOSIDADES
 
Aguardando histórias e curiosidades.
 
HISTÓRIA
 
 

Palmeira d´Oeste teve sua origem no patrimônio em louvor a Santa Luzia, fundado em 13 de dezembro de 1944, por Tomás Vicente e seus filhos José e Orlando Miguel.

A idéia da formação do patrimônio foi do agrimensor Orestes Ferreira de Toledo, que o chamou Palmeira d´Oeste, porque as terras que foram doadas pela família Vicente pertenciam à Fazenda Palmeira.

O povoado desenvolveu-se e atraiu outras famílias como a dos Ressude, Scarpin e Galetti.

 

Quando o patrimônio foi fundado já existiam, no povoado, 3.500 habitantes, algum comércio e pequena infra-estrutura de serviços.

Os moradores mais importantes empenharam- se em transforma-lo em distrito, o que ocorreu em 24 de dezembro de 1948, em terras do município de Jales.

Em 18 de fevereiro de 1959, obteve autonomia político-administrativa.

 
Fonte: Fundação SEADE - 2006
 
GASTRONOMIA
 
  Aguardando receitas típicas ou tradicionais desta cidade.  
 
HINO

 

Não há hino cadastrado.

 
 
BENS TOMBADOS
   
Esta cidade não possui, atualmente, bens tombados.
 
 
Galeria
 
Bandeira
 
 
Brasão