ORIGEM DO NOME DA CIDADE
   
Jaborandi (tupi): O que faz salivar. O lugar começou a ser povoado em 1902, à margem do rio Jaborandi, nome também de uma planta medicinal nativa, existente em grande quantidade na região. O distrito pertencia a Colina e, a 24 de dezembro de 1948, foi elevado a município.
 
DESTAQUE
 

Aguardando matérias e pautas.

 
 
CURIOSIDADES
 
Aguardando histórias e curiosidades.
 
HISTÓRIA
 
 

A ocupação das terras que formariam o município de Jaborandi teve início em 1902, a partir da construção de algumas casas na margem direita do Córrego Jaborandi – o nome advém de uma planta nativa de valor medicinal, existente em grande quantidade na região.

Esse pequeno núcleo se encontrava nas terras do major Gabriel Diniz de Carvalho Franco, que, por intermédio de Jaime Nicolau Martins, fez uma doação de terras ao padroeiro Arcanjo Gabriel de Jaborandi. Logo após a formalização desse ato, foi contratado o engenheiro Mastrella, residente em Barretos, para efetuar o planejamento do novo patrimônio.

 

A produção de café foi a primeira atividade de maior expressão em Jaborandi, embora, posteriormente, a economia local tenha se voltado para a agropecuária.

Sua formação administrativa iniciou-se em 26 de dezembro de 1924, quando se tornou distrito no município de Barretos.

Em 24 de dezembro do ano seguinte, o distrito foi transferido para o município de Colina. Adquiriu sua autonomia municipal somente em 24 de dezembro de 1948.

 
Fonte: Fundação SEADE - 2006
 
GASTRONOMIA
 
  Aguardando receitas típicas ou tradicionais desta cidade.  
 
HINO

 

Não há hino cadastrado.

 
 
BENS TOMBADOS
   
Esta cidade não possui, atualmente, bens tombados.
 
 
Galeria
 
Bandeira
 
 
Brasão