ORIGEM DO NOME DA CIDADE
   
Itapira (tupi): Pedra empinada, ponta da pedra. A cidade foi fundada em 24 de dezembro de 1820 e recebeu o nome porque uma pedra pontiaguda faz parte de sua paisagem.
 
 
 
 
DESTAQUE
 

Aguardando matérias e pautas.

 
 
CURIOSIDADES
 
Aguardando histórias e curiosidades.
 
HISTÓRIA
 
 

As terras onde se situa o município de Itapira foram doadas por João Gonçalves de Morais.

Em 24 de outubro de 1820, foi construída uma pequena capela sob a invocação de Nossa Senhora da Penha e sua imagem atraiu um grande número de colonos para a redondeza, propiciando o crescimento do povoado.

Maior progresso foi promovido pelo avanço do café, cuja primeira lavoura pertenceu a João Batista de Araújo Cintra, possibilitando que, em 8 de fevereiro de 1847, fosse criada a freguesia com o nome de Nossa Senhora da Penha, em terras do município de Mogi Mirim.

 

Em 2 de março de 1858, foi elevada à categoria de vila com o nome de Penha do Mogi Mirim, posteriormente mudado para Penha do Rio do Peixe.

Em 1880, chegou à cidade um ramal férreo ligando-a ao ramal de Mogi Mirim, que depois foi encampado pela Companhia Mogiana de Estrada de Ferro e inaugurado em 31 de julho de 1882.

Em 27 de junho de 1881, recebeu os foros de cidade com a denominação de Nossa Senhora da Penha do Rio do Peixe. Em 1º de abril de 1890, sua denominação foi alterada para Itapira, nome de origem tupi, ita: “pedra” e apira, “alta”.

 
Fonte: Fundação SEADE - 2006
 
GASTRONOMIA
 
Aguardando receitas típicas ou tradicionais desta cidade.  
 
HINO

 

Não há hino cadastrado.

 
 
BENS TOMBADOS
   
Esta cidade não possui, atualmente, bens tombados.
 
 
Galeria
 
 
 
 
Publicidade
 
 
linha
 
 
 
Bandeira
 
 
Brasão